Posted in:

Como Fazer Um Roteiro De Viagem Perfeito

Você quer aproveitar bem todos os momentos de suas férias, para curtir sempre mais do que as viagens passadas?

Para esta realização é importante pensar bem no roteiro.

Por este motivo é que este conteúdo foi desenvolvido, para te ensinar a planejar o roteiro, otimizar o tempo e aproveitar o máximo possível daquilo que pode ser usufruídos nas viagens.

Mesmo tendo uma ideia clara sobre os nossos objetivos de viagem, nem sempre é possível ir para onde nós queremos por causa do trabalho, dos compromissos ou falta de tempo e dinheiro, mesmo que haja agora mais possibilidades de organizar roteiros econômicos para muitos destinos ainda parecem inacessíveis.

Organizar uma viagem ou as férias parece uma coisa fácil: todos nós temos em mente os lugares que nos fascinam, e que queremos ver. Esperamos o ano inteiro para sair da nossa rotina e aproveitar as férias e o tempo livre.

Para visitar e se divertir em uma bela cidade, ou nos conceder aquela viajem para um destino distante, que nós sempre temos sonhado é preciso estar atento a alguns detalhes e planejar muito bem o percurso que nos levará ao tão desejado destino.

Como encaixar o roteiro de viagens em suas possibilidades financeiras

Antes mesmo de apontar uma meta especifica, tem que ser claro quanto de dinheiro temos disponível para essa viajem. Ter os pés no chão e bom senso, é algo fundamental para a realização de qualquer coisa que desejamos vivenciar na prática.

Como fazer um roteiro de viagem

Em especial na viagem de férias, especialmente se o seu destino é um país distante de sua cultura e também geograficamente, não é legal ficar com medo que as suas finanças não sejam suficientes e correr o risco de ser obrigado a desistir de algo interessante do roteiro ou tem que criar um plano de emergência.

Talvez seja melhor adiar a viagem um pouco, planejar bem um roteiro e adequá-lo ao que você está disposto a pagar.

Pense que em todas as viagens podem acontecer imprevistos e gastos adicionais. Por mais que saibamos sobre economia, nunca podemos prever determinados gastos.

Isso não só para os agendamentos básicos como a passagem aérea, a estadia e as refeições, mas, também para aquelas atividades mais particulares.

Dependendo do que quer visitar, ou do que você já tinha incluído no seu roteiro planejado e sobre tudo, quanto tempo você vai ficar.

Um truque importante para poupar dinheiro pode ser pesquisar e planejar comprar passagens aéreas (Linkar texto de passagens aéreas baratas) com bastante antecedência para encontrar preços menores.

Outra dica é buscar também pelos cruzeiros. Além, das possibilidades de encontrar cruzeiros bem econômicos, a maioria deles já tem um roteiro e programa de atividades pré-definidos.

Procure manter-se informado sobre os custos extra que não podem ser evitados: por exemplo, em países como Quénia ou à Zanzibar, você tem que pagar uma taxa de entrada no aeroporto cerca de 40/50 dólares e mesma coisa para retornar. Esse tipo de gasto, podes afetar bastante o budget geral da viajem, especialmente no caso de casais ou uma família numerosa.

Em locais naturais protegidos, como Fernando de Noronha e as Ilhas Galápagos, ou até as Seychelles, existem também taxas a pagar para a entrada em alguns parques e praias.

Portanto, mantenha-se bem informado sobre as características de seu destino, este é tão importante quanto o roteiro. A informação certa pode te livrar de descontentamento e imprevistos longe de casa.

Otimizar o tempo de viagem

Segunda etapa, escolha o destino com base em quanto tempo você tem disponível.

Se você tem poucos dias livres, opte em conhecer cidades ou países próximos. Sendo o Brasil um pais com dimensões continentais, não é muito difícil escolher uma região e desfrutar o que ela oferece de melhor.

Viagens nacionais em 8-10 dias você é possível relaxar gastando pouco em praias pouco conhecidas, no Nordeste tem muitas delas, ou se aventurar pelo sul do país. Evite trajetos muito distantes, afinal você não quer passar a metade de seu tempo no aeroporto, não é mesmo?

Se você dispõe de pouco tempo, é inútil planejar um roteiro para o Japão ou Nova Zelândia. Deixe este momento para um período que seja mais propício em seu calendário funcional.

Para as viagens a trabalho de curta duração, as praças centrais da cidade representam pontos interessantes onde é possível notarmos a diversidade em um panorama mais amplo. Nos pequenos comércios de alimentos é possível conhecer a culinária mais marcante e verdadeiramente típica da região.

Procurar pelas as coisas mais simples é o segredo para um ótimo roteiro de viagens, além de custar pouco é possível vivenciar as coisas mais legítimas de cada região.

Informe-se sobre os lugares desejados

Uma vez que você estabeleceu seus interesses e o seu destino, é necessário planejar os roteiros das visitas. Pesquise o que a cidade oferece de melhor e pesquise os preços.

Lugares para Viajar

A menos que seu pacote de viagens cubra os guias, os pontos turísticos podem custar muito caro.

Exemplo disto é a cidade de Florence, na Itália. Considerada o berço do renascimento ela acomoda obras de arte centenárias em seus museus. Além das filas que você terá que enfrentar para ter acesso ao ponto turístico, os ingressos custam caro.

Na mesma cidade italiana é comum nos depararmos com artistas de rua que criam a arte em tempo real, gratuitamente, pelas praças e ruas da cidade.

Enquanto, os turistas estão preocupados com o que todo mundo já está cansado de ver, está disponível na internet todas estas obras de arte bem como seu contexto histórico, os desconhecidos artistas de rua prosseguem com a sua arte tão bela quanto, porém nem tanto valorizada.

Por alguns momentos, fuja dos esquemas turísticos e poupe os seus nervos. A não ser que você seja especializado em arte, história e afins, neste caso o contexto muda de valor.

Sobre as informações mais precisas sobre os pontos turísticos que você deseja atribuir ao seu roteiro de viagens, através da consulta de guias de viagem ou pesquisando na internet é possível encontrar uma gama de informações extensas.

Definir e avaliar os lugares que desejamos para o nosso roteiro é importante, mas faça isto sempre tentando ligar os pontos. Tente fazer uma lista hierárquica sobre os locais prioritários.

Esta parte de sua análise deve ser sempre relacionada à forma como você se movimenta (contanto que sua viagem precisa de transporte).

Na verdade, o tempo de viagem para trocar de cidade ou de lugares tem um impacto no tempo disponível e deve ser considerado no roteiro.

Esse é o momento de se mergulhar nos mapas do Google ou nas clássicas guias de viagens como as lonely planet, prestando atenção aos horários de chegada e saída dos ônibus, dos trens, evitando cortar os dias ao meio.

Transporte

A forma ao qual vamos nos locomover durante o percurso é algo muito simples, mas, também muito importante e forma significativa torna itinerários de viagem interessantes, proveitosos e com maior custo benefício.

Translado em Viagem

Ao proceder com um roteiro turístico deve sempre ser considerado quais, como e quando serão utilizados os meios de transporte.

Conheça as linhas metropolitanas e transportes públicos disponíveis bem como o valor em dinheiro e o tempo de cada trajeto. Anote tudo para não esquecer.

Todas as escolhas sobre transporte e tempo de locomoção que precisam ser bem delineada na fase de planejamento, porque é necessárias informações específicas e detalhadas sobre aqueles meios de transporte e que características têm.

Basicamente, você tem que definir os pontos de interessa da viajem e coloca-los em um mapa do seu roteiro de viagem. As listas também funcionam muito bem além de serem bastante funcionais e práticas.

Ao criar a sequência temporal para visitar esses pontos e conecta-los com uma linha que vai representar os transportes que você vai utilizar, suas chances de perder-se na cidade e passar mais tempo preocupado do que curtindo, diminuem consideravelmente.

Acomodações

Esta é a parte mais confortável da viagem, saber onde vai passar sua estadia e sentir-se seguro.

As pessoas têm estilos de vida diferentes e existem acomodações para todos, desde campings na praia ou em campos, até mesmo nos luxuosos hotéis 5 estrelas. A escolha varia muito entre as possibilidades financeiras e objetivos dos viajantes.

Em uma viagem de mochileiros, é preferível alojamento baratos em pousadas, já uma viagem que oferece o máximo conforto e luxo em um hotel de cinco estrelas … em qualquer caso, você vai ter que encontrar o seu alojamento.

Campings

Para os aventureiros que curtem acordar todos os dias e ter uma vista sobre a natureza, os campings são a melhor opção. São muito mais econômicos que os hotéis e atualmente, alguns até oferecem cozinhas coletivas e/ou colaborativas, banheiro e segurança.

Albergues

Eles estão se espalhando numa velocidade expressiva, isto porque é uma opção supereconômica para estar nos núcleos das grandes cidades pagando pouco. Os albergues garantem quartos coletivos, banheiro e alguns até oferecem o café da manhã gratuitamente.

Casas de famílias

Existem sites onde é possível encontrar desde sofás até quartos privados oferecidos por um anfitrião que tem interesse em fazer amizades com viajantes ou atribuiu isto a uma forma de conseguir ganhar dinheiro.

Hotéis

São ainda a forma mais procurada de acomodação por oferecer total conforto e segurança aos seus hospedes.

Pousadas

São como os hotéis, porém em tamanho reduzido. Algumas pousadas ultrapassam os hotéis no quesito qualidade.

Clima

A avaliação do clima é muito importante. Se você tem as férias em um determinado período do ano, e não pode ser alterado, você tem que estar ciente do fato de que o destino da temporada pode ser diferente e, portanto, sujeita à chuva ou mau tempo em geral.

Certamente o tempo não deve tornar-se o discriminante que não permite que você escolher uma meta turística, mas tem um peso muito importante.

Outra coisa é correr o risco de furacões, monções, chuvas torrenciais, o clima úmido, com 50 graus à sombra, problemas de saúde e talvez até mesmo de malária, quando seria suficiente ir na estação seca para reduzir o risco.

Evitar por exemplo, o Quênia, em abril e maio, quando a maioria do hotel fecha ou as Caraíbas, no pico da temporada de furacões, entre agosto e novembro.

Chegar no período errado você iria estragar completamente o seu feriado, não veria certamente as vistas e os panoramas tantos fotografados e enfim você gastaria dinheiro, por ter que voltar uma segunda vez e refazer tudo o que você não conseguiu fazer.

Muitos casais, por exemplo, organizar o casamento nos meses de inverno, como maio e escolhem depois destinos românticos, que muitas vezes são mais lindos durante estes meses.

Vacinas

Tendo decidido a meta, é muito importante pesquisar sobre vacinas, sobre as doenças e os riscos, não só através da Internet, mas também de pessoa nos postos de saúde da sua cidade destino.

Se vacinar para viajar

Quando você voltar para casa e tudo correu bem, é fácil dizer que você não encontrou nem um mosquito, que você comeu nos quiosques da rua e tomado agua da torneira… é quando algo acontece que é tarde para se preocupar.

Doenças ou pior, epidemias, estão em constante evolução e, infelizmente, em muitos países do mundo existem riscos para os turistas que não têm o mesmo estilo de vida e, portanto, os mesmos anticorpos das pessoas nascidas e criadas naquele pais.

Esteja disposta checar as vacinas e precauções para uma viagem de pelo menos duas ou três semanas, mesmo que dure menos que isso. Informe-se, em tempo útil, alguns meses de antecedência.

Seguro da Viagem

Outro aspecto que considerado essencial, é um seguro que lhe permite planejar um roteiro e viver a viagem de forma serena.

Seguro de Viagem

Muitas vezes este aspecto é esquecido e tende a ser superficial, em seguida, o quando o inconveniente acontece pode ser um grande problema. Nem todas as viagens precisam necessariamente de seguros (mas é sempre positivo faze-lo), mas para viagens de um determinado tipo é essencial.

Os melhores pacotes de seguro abrangem despesas médicas em casos de emergências, garantia de integridade das bagagens e saques de emergência.

Sempre esperamos que tudo ocorrerá bem, mas se algo der errado, será uma grande problemática ter esquecido este passo fundamental. Embora antes de partir todos felizes e com a certeza que tudo vai dar certo (e provavelmente será assim) devemos lembrar que imprevistos acontecem.

Rota turística

Este passo é basicamente a fase principal aonde é preciso de esforço e concentração.

Recolher todas as informações possíveis, visitar fóruns, blogs, visitar locais onde os viajantes anteriores têm escrito a sua própria experiência e da qual você pode obter muitas ideias sobre possíveis rotas as vezes pode se tornar cansativo.

Fazer rota de viagem

Então, basicamente, é algo que por vezes desencoraja um pouco, mas a recompensa é gratificante. Romantize o tanto que puder o seu roteiro, porém não esqueça que a viagem precisa de dinheiro, seguro, estadia, estudos pontuado sobre o destino, preços de passagens e muitos outros nuances. Mas, o importante, ainda continua sendo a viagem.

Não deixe com que as preocupações surjam nos momentos menor oportunos. Planeje bem e tudo dará certo.

No caso de viagem a dois, não se limite aos esquemas turísticos que podem cortar o clima de qualquer romance. Planeje e assegure-se com antecedência para prevenir chateações e contrariedades.

Conclusão

 Seja curioso, esteja com fome de toda a informação que você busca. Se abra para a experiência de maneira plena e sem preconceitos.

Converse com as pessoas que vivem no local, elas serão seus melhores guias e geralmente, gostam de conversar sobre seus costumes, suas vidas. Deguste os sabores da região, opte sempre pelos lugares mais típicos.

Abra sua mente, olhos e coração para enche-las de coisas belas, lembre-se que não há uma viagem melhor do que uma outra, um lugar mais atraente que um outro, isso depende dos gostos e dos interesses de cada pessoa. Ninguém tem o poder de realizar uma boa viagem para você que não seja você mesmo.

Cada momento da vida é diferente, tem aquele em que você sente vontade de explorar, outros em que você tem desejo para descansar, e aqueles em que você quer se divertir.

Esteja preparado para qualquer momento, pois, acontecimentos felizes e inesperados esperam pelo seu olhar.

Se ao retornar você sentir-se satisfeito e enriquecido, é uma prova de qualquer forma a sua viagem foi perfeita.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *